Ora-pro-nóbis,a planta rica em proteína

Ora-pro-nóbis,a planta rica em proteína

O Sítio Flora Bioativas foi o primeiro a cultivar a planta no Sul do Brasil. O cultivo é de forma orgânica, o que aumenta a riqueza da planta rica em proteína e outras nutrientes

Os mineiros conhecem bem a riqueza do ora-pro-nóbis, presente na culinária e no quintal das casas em municípios como Sabará, região metropolitana de Belo Horizonte. O cacto folhoso é tão importante por lá que ganhou até uma festa todinha em homenagem a ele. O Pereskia Aculeata, nome científico da planta já foi chamado até de “bife dos pobres” devido ao valor nutricional. É um alimento rico em proteína e ferro, de um valor proteico que pode substituir a carne. Possui ácido fólico que ajuda como por exemplo na gravidez, contribui para a prevenção da anemia, age como anti-inflamatório, tem capacidade antioxidante, auxilia no combate ao colestol ruim e também no controle da diabetes, funciona também como analgésico, além de ter um valor elevado de proteína, o que pode ser um complemento na alimentação de veganos e vegetarianos. Devido a riqueza nutricional, o ora-pro-nóbis é considerado um super alimento.

A beleza do ora-pro-nóbis florido e um espetáculo a parte dessa planta tão importante para a nutrição

O Sítio Flora Bioativas foi a primeira propriedade rural no Sul do Brasil a cultivar a planta. Desde 2008, uma grande parte da lavoura do sítio no Sertão do Valongo em Porto Belo, no litoral catarinense, é reservado para o cultivo orgânico do ora-pro-nóbis. Além das folhas in natura, vendidas em feiras e que é um ingrediente nas cestas dos cotistas da CSA (Comunidade que Sustenta a Agricultura), a planta também é desidratada, transformada em farinha usada na culinária para enriquecer os alimentos, servida também no complemento nutricional na merenda escolar de pelo menos 4 municípios catarinenses. Além disso, a versão em cápsulas da planta desidratada, facilita a absorção dos nutrientes do ora-pro-nóbis.

Deixe uma resposta